domingo, 16 de junho de 2013

(sem título)


as aves aparecem no dia
aparecem-me em bandos
permanecem em isolamento
esfumam-se em desafio
pairam de peito vivo
voam a velocidade
e o coração pára
simplesmente pára
e elas param e caem
tombam no chão
e ficam
asas e bico
patas e olhos
e peito



Sem comentários: