domingo, 14 de abril de 2013

(sem título)


quando te negas
há apenas escuridão
o teu corpo parado
inerte no chão
a casa escura e fechada

abre uma janela
abre apenas uma
faz esse pequeno esforço
e logo uma compulsão
de iluminar toda a casa te possuirá
é deus de rajada em ti
faminto de luz



Sem comentários: